sexta-feira

Felicidade - Saudade - Mistério OU As três notas

três mulheres adentraram minha imaginação.
três figuras femininas que como personagens
me entoam canções e versos...

a primeira, chama-se Felícia.
é apaixonada pelas cores vermelha e verde desde que assistiu O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain.
depois disso, Felícia, simples e amável, passou a ter conversas com as estrelas...
repartiu comigo as dores e alegrias muito próprias de sua idade
e partiu em busca de aventura.

a segunda é Sofia.
particularmente discreta, quase não fala, faz rabiscos e usa o que tiver à mão para expressar qualquer emoção - tinta, folha, café, casca de pão, de parede, botões, tecidos.
Sofia teve um único amor na vida. só um.
um dia, teve de se despedir e desde então, vive no alto de uma montanha, num lugar tão longe que nem nome tem...

a terceira atende por Melina.
tem um filho e uma filha.
ama vestidos. 
nunca usou uma calça na vida e coleciona retratos de seus amores.
não possui diploma algum, mas sempre estudou. gosta de nutrição e literatura.
Melina casou-se e separou-se muito cedo.
vive e trabalha em qualquer lugar onde haja sol e mar.
lê para os filhos toda noite e mantém um ritual secreto: escreve em dois diários todos os sentimentos, lembranças e desejos acerca dos filhos, para um dia entregar-lhes quando completarem 18 anos.

Felícia hoje encontra-se no Chile.
trabalha numa escola infantil como contadora de histórias e estuda educação ambiental.
tem um namorado com quem pretende ter três filhos.
mas não quer casar.

Sofia conheceu Fernando aos 17 anos.
apaixonou-se para sempre...
viveram um amor durante quatro anos.
quando acabou, Sofia continuou apaixonada.
se amam de longe e em pensamento, ela na montanha, ele em todos os becos...

Melina por sua vez, foi arrebatada por um amor inesperado...
vivem em alguma cidade do Nordeste.
até hoje só usa vestidos.
os diários para Lia e João,estão quase finalizados.

Enquanto isso,
o sol desponta na boca do céu...