quinta-feira

Enquanto isso na Estação da Luz...


Uma mulher de cabelo roxo lê um livro
Um camundongo passeia pelo trilho
Yann Tiersen no meu fone, evoca solidão...
Um casal se beija
Alguém grita: VAI CURÍNTIA!
Um moço me olha
Uma criança chora
Duas garotas gargalham
Eu escrevo.
Penso na vida,
Enquanto o trem não chega...

Nenhum comentário:

Postar um comentário